• Pinto Machado

ANEEL PARA DE BANCAR USINA SOTERRADA QUE NÃO PRODUZ ENERGIA

A decisão judicial que impediu a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de retirar a hidrelétrica Risoleta Neves do sistema que banca financeiramente usinas que sofram com escassez de chuvas causa grave distorção no quadro regulatório do setor e impõe prejuízo econômico aos consumidores.

Com esse entendimento, a Justiça decidiu suspender a sentença da justiça que determinou a manutenção da hidrelétrica Candonga, como é conhecida, no Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) da autarquia federal.

A usina está sem produzir energia elétrica desde 2015 porque sua estrutura foi soterrada por rejeitos após o rompimento da barragem da Samarco em Mariana (MG).

Em 2017, a Aneel determinou a suspensão temporária da operação comercial da usina, o que a retiraria do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE)


Fonte: CONJUR





0 visualização0 comentário