• Pinto Machado

APROVADA A RECUPERAÇÃO JUDICIAL DO CORITIBA


Foi aprovado o pedido de recuperação judicial (RJ) do Coritiba.

O pedido foi deferido por avaliar que o Coxa preenche os requisitos legais para o requerimento, exerce regularmente suas atividades, não se encontra falido e seu presidente não conta com antecedentes criminais.

Com a decisão, o clube terá tempo para equacionar as dívidas, negociar com os credores e tem os processos e protestos suspensos por 180 dias.

O Coritiba citou um valor de R$ 114,2 milhões para justificar o pedido de recuperação judicial. Vale destacar que o balanço financeiro do Coxa, de 2020, declara uma dívida total de R$ 276 milhões. O demonstrativo de 2021 tem que ser publicato até abril deste ano.

A RJ faz com que o clube possa ter condições de adequar seu fluxo de caixa, permitindo que as suas obrigações sejam cumpridas. A situação financeira, como estava, certamente levaria o clube à inadimplência com inúmeros credores, disse o vice presidente Glenn Stenger.


Fonte: GE





0 visualização0 comentário