• Pinto Machado

CREDORES DA SAMARCO AVANÇAM EM NOVO PLANO

Às vésperas da retomada da assembleia de credores da Samarco, marcada para a próxima sexta-feira, dia 1.º de abril, o grupo de fundos estrangeiros que detêm uma dívida de R$ 26 bilhões da mineradora já começou a se debruçar na elaboração de um plano alternativo. Se esse movimento for confirmado, ele será inédito na história empresarial do País. Tal desfecho ocorrerá caso seja dada a negativa dos credores ao plano apresentado pela companhia, o que é o mais provável de ocorrer até este momento, segundo apurou o Estadão.

A mineradora foi palco da tragédia de Mariana (MG), em novembro de 2015, após o rompimento de uma de suas barragens causar 19 mortes e danos ambientais.

A possibilidade de credores apresentarem um plano de recuperação judicial alternativo é bastante recente e ainda não testado no Brasil. Isso só será possível por conta de mudanças trazidas pela nova lei de recuperação judicial brasileira. Assim, se de fato não aceitar o plano de recuperação judicial, o grupo de credores terá um prazo de até 30 dias para a entrega deste segundo documento.


Fonte: ESTADÃO





0 visualização0 comentário