• Pinto Machado

DECRETADA FALÊNCIA DA CASA NOTURNA LOVE STORY

Nos termos do artigo 73, IV, da Lei Federal 11.101/2005, é poder-dever do juiz da Recuperação Judicial, constatado descumprimento do plano de recuperação judicial, determinar sua convolação em falência.

Com esse entendimento, o juiz Marcelo Barbosa Sacramone, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, decretou a falência da boate Love Story, estabelecimento tradicional que funcionava no centro da capital há 26 anos.

Com uma dívida de aproximadamente R$ 1,7 milhão, a casa noturna entrou com pedido de recuperação judicial em agosto de 2018. Porém, com a epidemia da Covid-19, a situação financeira piorou e a boate não conseguiu se reerguer.

A própria Love Story reconheceu que não estava conseguindo cumprir o plano de recuperação, atrasando pagamentos aos credores após as determinações de fechamento do comércio. A boate, então, pediu a convocação de assembleia-geral de credores para deliberar sobre um aditivo ao plano. Mas o administrador judicial e inúmeros credores se manifestaram a favor da decretação da falência.


Fonte: CONJUR





1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo