• Pinto Machado

GRUPO DITÁLIA INGRESSA COM 2ª RJ

O Grupo Ditália, formado pelas empresas Ditália Móveis Industrial Ltda, Ditália Produção e Logística Ltda e Cozy Indústria e Comércio de Móveis Ltda, localizadas no município de Monte Belo do Sul, teve o pedido de recuperação judicial aceito.

Este é o segundo processo de recuperação judicial movido pela Ditália Móveis Industrial Ltda. No ano de 2015, a empresa já havia se socorrido no pedido de recuperação, tendo o plano sido aprovado pelos credores naquela época.

O novo processo, é reflexo das diversas questões de mercado que implicaram no significativo aumento dos preços das matérias-primas utilizadas no processo produtivo, bem como pela própria pandemia da COVID-19, devido aos inúmeros decretos restritivos de circulação, na tentativa de barrar a disseminação do vírus.

Tal fato acabou por implicar na demissão de diversos funcionários, motivando outros tantos a ingressarem com pedido de rescisão indireta.

Atualmente, as empresas são responsáveis por 75 empregos diretos e, aproximadamente, 300 indiretos.

A recuperação judicial é um meio utilizado por empresas para evitar que sejam levadas à falência. O processo permite que companhias renegociem as dívidas acumuladas em um período de crise tendo como objetivo principal possibilitar que as empresas sigam operando enquanto negociam com seus credores, sem o iminente risco de terem suas dívidas executadas e/ou seus bens penhorados, proporcionando a preservação dos empregos gerados, a movimentação da economia e a saúde financeira de fornecedores e parceiros.

Com a nova recuperação judicial, as empresas esperam atravessar a crise enfrentada, mantendo os empregos e saldando de vez todo o passivo acumulado, o qual hoje importa em uma dívida total superior a R$ 79.000.000,00.


Fonte: SERRANOSSA





1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo