• Pinto Machado

GRUPO OLIMPO CONSEGUE ALTERAR PLANO DE RJ

A insatisfação de apenas um credor não é suficiente para invalidar pactos ajustados com a maioria absoluta dos credores que integram as subclasses participantes. Com esse entendimento, a Vara Cível de Goiânia homologou uma alteração no plano de recuperação judicial do grupo de ensino Olimpo.

A empresa presta serviços educacionais de ensino fundamental, médio e pré-vestibular. O plano de recuperação judicial do grupo foi aprovado pela assembléia geral de credores e homologado em 2018.

O juiz que trata do caso, lembrou que a Nova Lei de Recuperação Judicial tornou possível substituir qualquer deliberação da assembléia por um termo de adesão de credores, desde que eles representem mais da metade do valor dos créditos.

No caso concreto, houve adesão de credores que representam 95,6% do valor dos créditos incluídos nas subclasses em questão. "A decisão contida no termo de adesão é soberana para sujeitar os eventuais credores não aderentes", apontou o juiz.


Fonte: CONJUR





0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo