• Pinto Machado

GRUPO PAULISTA ASSUME CONTROLE DA ULBRA

Em um comunicado enviado por e-mail à comunidade acadêmica, a Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra), mantenedora da Rede Ulbra de Educação, informou a venda da administração da Ulbra no Rio Grande do Sul para a Rede Evolua de Educação.

A Rede Evolua é um grupo privado com a expertise na recuperação de escolas que se encontram em dificuldades financeiras. Com sede em São Paulo, onde administra três colégios, a Rede Evolua foi formada em 2020, durante a pandemia, com foco na educação básica e no ensino superior.

A Aelbra e a Evolua não informaram valores envolvidos na operação nem deu detalhes sobre o andamento da operação. A Aelbra informou apenas internamente que essa foi a saída para “equacionar as questões financeiras”.

Em maio de 2019, a mantenedora da Ulbra ingressou na justiça com um pedido de Recuperação Judicial para obter condições mais favoráveis de negociação das dívidas com credores.

De acordo com o Plano de Recuperação Judicial, o passivo da Aelbra com fornecedores é de aproximadamente R$ 3,6 bilhões. São R$ 2,7 bilhões de dívidas com bancos e instituições financeiras, R$ 770 milhões em débitos trabalhistas, R$ 51,6 milhões em garantias reais e R$ 71,5 milhões em débitos com fornecedores de pequeno e médio porte. Considerando o passivo que a instituição mantém com a União e que gerou a suspensão da Recuperação Judicial, as dívidas chegam a aproximadamente R$ 9 bilhões.


Fonte: MONEY TIMES





1 visualização0 comentário