• Pinto Machado

ITAPEMIRIM É MULTADA PELO PROCON

O Procon Estadual do Rio de Janeiro multou a Itapemirim Transportes Aéreos (ITA) em R$ 468 mil pelo cancelamento de vôos em dezembro do ano passado.

Segundo o Procon, após instaurar uma investigação, concluiu-se que a empresa cometeu "prática abusiva, falha na prestação de serviço e no dever de informação, bem como por não atender aos questionamentos da autarquia".

Em dezembro, o Grupo Itapemirim, que desde 2016 está em processo de recuperação judicial, suspendeu as operações no Brasil e cancelou todos os voos.

Porém, de acordo o Procon, durante esse processo a Itapemirim violou o Código e Defesa do Consumidor e as regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que estabelece que a companhia aérea deve oferecer ao passageiro reacomodação, reembolso integral ou execução do serviço por outra modalidade de transporte.

“Efetuar o cancelamento dos vôos de forma abrupta, e ainda num período de festas de fim de ano, gerou frustração e trouxe transtornos a centenas de consumidores fluminenses. Não prestar informação nem oferecer ao passageiro a opção de escolher entre a reacomodação, o reembolso ou a execução do serviço por outra modalidade é inaceitável", declarou Cássio Coelho, presidente do Procon-RJ.


Fonte: EXAME





0 visualização0 comentário