• Pinto Machado

SAMARCO SOFRE “CHANTAGEM“ DE “FUNDOS ABUTRES“

Após o processo de recuperação judicial da Samarco ganhar os holofotes por conta da briga da mineradora com seus credores, a empresa resolveu quebrar o silêncio. Depois que fundos que detêm bilhões de reais em dívidas da companhia tentaram impedir na Justiça que a empresa faça pagamentos à Fundação Renova – responsável por reparar a tragédia de Mariana (MG), em 2015 -, a companhia apontou sofrer “chantagem” de “fundos abutres”.

As declarações são do advogado que representa a Samarco, Daniel Vilas Boas, do escritório VLF. Ele afirma que a “chantagem” tem o objetivo de garantir melhores termos na negociação para o pagamento dos créditos discutidos dentro do processo de recuperação judicial. “Esses credores têm usado do meio processual para gerar obstáculos e constrangimento, para que a Samarco se sinta acuada. Esse é o modus operandi desses fundos”, disse Vilas Boas, em entrevista ao Estadão.


Fonte: ISTO É





0 visualização0 comentário