• Pinto Machado

SEABORN PEDE RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE SUBSIDIÁRIAS

Operadora do cabo submarino Seabras-1, a norte-americana Seaborn protocolou nos últimos dias de 2019 um pedido de recuperação judicial para duas subsidiárias responsáveis pela operação do ativo que liga São Paulo e Nova York (EUA). Segundo o grupo, mudanças no cenário competitivo do segmento nos últimos anos, bem como a deterioração da economia brasileira impediram a sustentabilidade da operação.

Responsáveis diretas pelo Seabras-1, a Seabras 1 Bermuda Ltd e a Seabras 1 USA LLC são as duas empresas cuja reestruturação de débitos foi solicitada pela matriz em petição protocolada em uma corte de Nova York. O valor atual das dívidas em questão chega a US$ 149,1 milhões.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo